Posts Tagged "couro"

El mes de julio será de mucho trabajo para el equipo Polako. En los próximos días, estaremos visitando dos grandes ferias en busca de innovaciones para el sector del calzado.

Nuestra primera parada es en Ecuador, donde visitaremos la Feria Internacional de Calzado Y Componentes Del Ecuador – FICCE 2018. Luego desembarcamos en Colombia para una vez más marcar presencia en la IFLS + EICI.

En los dos eventos nuestro equipo estará buscando por todo lo que hay de nuevo en cuero, insumos, maquinaria, tecnología y servicios.

¡Espera que seguramente ven muchas novedades en nuestro equipaje!

 

Não, ele não morreu.

O estilo que marcou uma geração está de volta, mais vivo do que nunca e para a alegria dos mais nostálgicos – e dos fashionistas de plantão.

O movimento punk surgiu como uma forma de manifestação política e usou principalmente a música, o comportamento e a moda como forma de critica ao sistema. Agora, impulsionado pela onda vai e vem das tendências, a moda punk retornou às ruas repaginada e super moderna. Quer ver só?

Entre as principais características do estilo punk estão peças de tecidos pesados como jeans, flanela e couro, além de modelos mais estruturados, como jaquetas com inspiração militar – tendência que influencia muito a moda punk.

Cores escuras como o preto, cinza, verde militar e vermelho predominam no guarda-roupa punk. O jeans skinny é outra peça símbolo deste estilo, além de peças destroyed e camisetas de bandas.

Nós pés, os coturnos são verdadeiros ícones da moda punk. Entre os assessórios, muito couro, correntes, tachas, rebites e patches. Peças típicas da moda nos anos 90 e que fazem muito sucesso atualmente – como os brincos de argola e as chokers – também marcaram o estilo punk.

Além disso, os cabelos coloridos também foram tendência entre os punks dos anos 70/80 e voltaram com tudo em 2018!

Mas calma! Para aderir ao estilo punk no seu look é óbvio que não precisa sair por aí fantasiado. O novo punk, ou punk urbano, pega todas estas características que falamos acima e mescla com peças de outros estilos, como peças mais delicadas e românticas, esportistas ou alfaiataria.

Para o look ficar perfeito e estiloso sem exageros, a ideia é sempre balancear. Então una uma peça com pegada punk à outra mais neutra.

Dica: Algumas peças com inspiração no estilo punk estão super em alta. Alguns exemplos são os jeans destroyed, as jaquetas de couro e jeans (modelos oversized, destroyed e com aplicações de patches e correntes), coturnos, estampa xadrez, peças com inspiração militar e com aplicações de tachas. Ou seja, valem o investimento.

 

Mas o que foi o movimento punk?

O punk surgiu durante os anos 70 como um movimento de crítica ao sistema e à política da época pós guerra e o militarismo. Assim como os hippies, os punks usavam a arte e o comportamento como forma de se manifestar, mas de uma maneira mais agressiva, utilizando como base o questionamento, a revolta, a provocação, a ironia e o deboche.

Como manifestação artística, o punk foi de grande importância histórica, influenciando e revolucionando a música, a moda, o design, as artes plásticas, o cinema, a poesia e o comportamento.

A moda vem se mostrando cada dia mais unissex, e uma boa prova disso são as camisetas, jaquetas e calçados – no último ano, pudemos ver um boom de modelos antes masculinos adaptados aos treds femininos.

Essa democratização trouxe, em especial, muito mais estilo e conforto às mulheres, derrubando o império do salto alto e fino para ambiente de trabalho e look festa. Não estamos desmerecendo os calçados de salto, longe disso, mas a ressignificação de calçados como o mocassim dão mais liberdade aos pés femininos.

Para falar do calçado, não temos como deixar sua história de lado. O modelo se popularizou nas ruas pelos pé de nada menos, nada mais que Elvis Presley. Sim, o astro do rock adorou o calçado como um clássico de seu visual, e logo o produto se tornou um queridinho dos homens. O nascimento da peça nos remete a 1600, quando os nativos americanos desenvolveram o mocassim como forma de proteger os pés em batalhas sem perder a sensibilidade do solo.

As décadas de 80 e 90 – anos dourados e de muita revolução social – marcaram a introdução do calçado no armário feminino, e desde então, o modelo vem sendo atualizado e hoje se mostra muito versátil, elegante e cheio de estilo. A moda atual apresenta o mocassim em versões mais estilzadas, como verniz, glitter, sola tratorada ou flatform. O tradicional couro ainda é um dos mais vendidos.

Como usar:

O mocassim é tão versátil, que se pode usar com qualquer roupa. O detalhe está na escolha da composição. Para o ambiente de trabalho, é legal brincar com peças bem femininas, como a saia midi, quebrando assim a masculinidade da peça. Os modelos em verniz e em couro são ótimos para dar aquela pitada fashionista no look, pode apostar!

Para eventos menos sociais, o gliter tem se mostrado um adereço e tanto! Descolado, jovem e cheio de charme, ajudar a dar um up no look basiquinho do dia a dia. O jeans combina super bem com o calçado, mas não se limite, couro e alfaiataria casam muito bem e abrem o seu olhar para novas opções e aventuras no mundo da moda.

E se tu ainda achas que festa é sinônimo de salto alto, pode rever seus conceitos. Ressalvando os gostos pessoais, o mocassim é uma ótima opção para quem considera conforto nestes eventos. Os modelos mais clássicos, em couro envernizado, são super elegantes e podem compor looks de arrasar! A combinação com alfaiataria neste caso é um super charme, você ousaria? Se inspire!

Desenvolvimento:
Agência: